Festival de Música em Poá vai revelar talentos e valorizar artistas

565

Os três melhores do festival, eleitos por uma comissão julgadora, serão premiados com R$ 5 mil (1º lugar), R$ 4 mil (2º lugar) e R$ 3 mil (3º lugar)

Já estão abertas as inscrições para o Festival de Música de Poá. Os interessados no concurso podem se inscrever até o dia 17 de maio, na Casa da Estação (região central), das 9h às 12 horas e das 14h às 17 horas. Cada intérprete poderá inscrever uma música e a mesma deve ser inédita. Serão realizadas no mês de junho duas etapas eliminatórias e a final no dia 25 de junho, no Teatro Municipal.

Os três melhores do festival, eleitos por uma comissão julgadora, serão premiados com R$ 5 mil (1º lugar), R$ 4 mil (2º lugar) e R$ 3 mil (3º lugar). Os dez primeiros classificados, independente da ordem, também terão prioridade nas apresentações dos eventos realizados pela Secretaria de Cultura durante o ano de 2017.

Segundo o secretário de Cultura, Mário Sumirê, o Festival de Música de Poá é uma atividade cultural de abrangência municipal, promovida por sua pasta, de acordo com a Lei Nº 2865. “O Festival de Música de Poá é um concurso de composições inéditas, voltado a todos os gêneros e estilos da música popular brasileira e tem como objetivo aprimorar e desenvolver a cultura musical, revelar talentos, valorizar os artistas, compositores, arranjistas e intérpretes em Poá”, comentou.

O regulamento do festival define que o intérprete não poderá alterar a música inscrita, após a mesma ser indicada na Ficha de Inscrição. O interessado deverá ainda anexar, no ato da inscrição, uma cópia autenticada e dez cópias simples em papel A4 com a letra da música impressa. “Todos os artistas deverão preencher e assinar a Ficha de Inscrição disponibilizada pela organização do evento, com dados pessoais, juntamente com cópia do documento de identidade e do comprovante de residência dos integrantes, sendo que os mesmos serão arquivados. É necessário reforçar que a Secretaria de Cultura de Poá garante o sigilo absoluto das informações”, disse Sumirê.

Ainda de acordo com o secretário de Cultura, os artistas da cidade devem se atentar à originalidade e ineditismo das composições. “Todas as músicas inscritas no festival deverão ser inéditas, não perdendo tal condição canções que tenham sido gravadas, sem fins comerciais, em CDs de outros festivais ou eventos similares. Também deverá ser mantida a originalidade, entendendo-se como tal à inexistência de plágio de composição já existente considerada tanto a parte musical quanto literária”.

No regulamento do festival está claro que o não ineditismo e a ausência de originalidade poderão ser apurados pela Comissão Organizadora ou por denúncia de qualquer dos concorrentes sob a forma escrita, por meio de termo próprio e no prazo de até 48 horas após a divulgação da lista dos classificados para a final. A comprovação da irregularidade acarretará na imediata desclassificação da inscrição.

Foto: Divulgação

você pode gostar também Mais do autor