Poá imuniza aproximadamente 16 mil pessoas contra a Febre Amarela

731

A Secretaria de Saúde de Poá já imunizou 15.900 pessoas na Campanha de Vacinação contra a Febre Amarela, segundo relatório divulgado hoje (9). A pasta iniciou no final de novembro a intensificação do trabalho contra a doença. As ações no município começaram pelas áreas definidas como prioritárias, de acordo com estratégia do Ministério da Saúde, chegando posteriormente a outros bairros. Atualmente, todos postos de saúde da cidade contam com a vacina. Nenhum caso foi registrado em Poá.

Segundo o vice-prefeito e secretário de Saúde, Marcos Ribeiro da Costa, o Marquinhos Indaiá, o município de Poá não é área de risco para a Febre Amarela, no entanto é preciso reforçar os cuidados contra a doença. “As pessoas devem procurar o posto de vacinação mais próximo para se imunizar. Podem tomar a dose munícipes a partir dos nove meses de idade, no entanto a vacina não é recomendada para pessoas que estão com baixa imunidade. Para quem esteve doente, depende de avaliação médica.”

A diretora técnica da Vigilância em Saúde de Poá, Fabiani Ferri, explicou que a febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus transmitido por vetores artrópodes, que possui dois ciclos epidemiológicos distintos de transmissão: silvestre e urbano. Reveste-se da maior importância epidemiológica por sua gravidade clínica e elevado potencial de disseminação em áreas urbanas infestadas por Aedes aegypti.

“Qualquer dúvida em relação à doença as pessoas podem entrar em contato com a Vigilância Epidemiológica do município pelo telefone (11) 4639-9121”, disse Fabiani. As vacinas estão disponíveis nas unidades: UBS Tito Fuga (Calmon Viana), UBS Vereador Farid Domingues – CSII (Centro), UBS Wellington Lopes (Jardim América), UBS Dr. Cypriano Monaco (Nova Poá), UBS Vila Jaú, UBS Santa Helena, UBS Vila Pereta, USF Nelson Pozzani Filho (Vila Varela), USF Jardim Julieta, USF Vila Júlia, USF Jardim Emília (Água Vermelha), USF Jardim São José/Madre Ângela e USF Edvaldo Lupettis (Kemel).

Foto: Flávio Aquino/Secom Poá

você pode gostar também Mais do autor