Poá retomará serviços de ortopedia e de imagem

155

O prefeito de Poá, Gian Lopes e o vice-prefeito e secretário de Saúde, Marcos Ribeiro da Costa, o Marquinhos Indaiá, assinaram na manhã de hoje (27) com o Centro de Estudos e Pesquisas “Dr. João Amorim” (Cejam), o contrato de gestão para serviços de ortopedia e de imagem. Agora a empresa realizará os devidos ajustes técnicos e em alguns dias já iniciará o atendimento à população, da melhor forma possível, e principalmente diminuindo a demanda no município.

Segundo o prefeito Gian Lopes, mesmo diante das dificuldades financeiras, ele tem buscado alternativas para melhorar a oferta de serviços à população. “Com muito trabalho e gestão estamos acertando a casa e oferecendo serviços sempre visando o melhor atendimento possível aos poaenses. Estamos empenhados em otimizar a Saúde em Poá, que é uma prioridade para administração municipal”, comentou.

No ano passado, o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE) identificou irregularidades em contratação realizada em dezembro de 2016, pela antiga gestão, de uma empresa que prestava serviços Ortopedia e Traumatologia Ortopédica, junto à Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. Cypriano Mônaco, no Jardim Nova Poá e de diagnósticos por imagem (Ultrassonografia e Mamografia) na mesma unidade e na UBS Vereador Wellington Lopes, localizada no Jardim América. O prefeito Gian Lopes tomou ciência da situação e o contrato foi imediatamente suspenso.

O secretário de Saúde, Marquinhos Indaiá, explicou que a pasta tomou todas as medidas necessárias para buscar a retomada do atendimento, mas sempre respeitando todos os trâmites administrativos necessários. “A Saúde é uma área que tem prioridade para administração municipal. Estamos trabalhando em diversas frentes para voltar a oferecer um serviço digno para que a população tenha assegurado o seu direito de ser atendida com qualidade”.

A coordenadora técnica regional do Cejam, Elizabeth Oliveira Braga, disse que serão ofertados serviços médicos especializados em ortopedia e traumatologia ortopédica e serviços técnicos de imobilização ortopédica na UBS Dr. Cypriano Monaco. Também ultrassonografia na UBS Wellington Lopes e ultrassonografia, mamografia e raio-x na Dr. Cypriano Monaco. “Serão 500 exames por mês de mamografia e 1.000 exames por mês de ultrassonografia. Também serão, em média, 70 exames radiológicos por dia e produção de 500 laudos médicos por mês radiológicos obrigatórios para perícias e outros”, acrescentou.

Na ortopedia, a avaliação do Cejam será feita com base na produção mensal de atendimentos médicos que deverá ser de aproximadamente 1.200 consultas/mês. Deverá ainda realizar os procedimentos de imobilização em geral de acordo com a prescrição realizada pelo médico ortopedista e/ou traumatologista.

Foto: Flávio Aquino/Secom Poá

Comments

comments