Prefeito Gian Lopes e vereador Sargento Garcez pedem reforço da Força Tática em Poá

211

O prefeito de Poá, Gian Lopes, realizou hoje (6) reuniões com o tenente-coronel Wagner Tadeu Matiota, comandante do 32º Batalhão de Polícia Militar (PM), para discutir o reforço no policiamento na cidade e novas operações conjuntas de combate à criminalidade no município. O vice-prefeito e secretário de Saúde, Marcos Ribeiro da Costa, o Marquinhos Indaiá, o vereador Francisco Paulo Garcez, o Sargento Garcez, o comandante da 2ª Companhia da PM de Poá, Gilberto Ito, o primeiro-tenente Maurício Magalhães e Wilson Moreira (chefe de gabinete do Sargento Garcez) também acompanharam a conversa.

“Temos uma preocupação muito grande quanto à melhoria da segurança na cidade. Tenho trabalhado diariamente neste sentindo e hoje, juntamente com o vereador Sargento Garcez e meu vice-prefeito Marquinhos Indaiá, falamos para o tenente-coronel Matiota da importância de mantermos especificamente em Poá viaturas da Força Tática, pelo menos duas, no combate à criminalidade no município”, comentou o prefeito, que aproveitou a reunião para apresentar aos representantes da PM o projeto do Centro de Segurança Integrada (CSI) que será implantado na cidade, ampliando o monitoramente e a segurança no município.

De acordo com o comandante do 32º Batalhão da PM, o tenente-coronel Wagner Tadeu Matiota, os crimes que mais preocupam na cidade são latrocínio e homicídio. “Estamos realizando um trabalho intensivo no município para evitar estas ocorrências. Além disso, reforço que todo o planejamento da Polícia Militar é baseado em registros oficiais e por isso peço que a população sempre comunique via Boletim de Ocorrência (B.O). os crimes ocorridos, para atuarmos com efetividade”.

FACEBOOK

Ainda segundo o comandante Matiota, o 32º Batalhão criou uma página no Facebook (https://www.facebook.com/trigesimosegundobpmm) com o objetivo de melhorar a comunicação com a população. “Temos a missão de proteger as pessoas, combater o crime e preservar a ordem pública e neste sentido para facilitarmos o acesso da população ao quartel, que muitas vezes não pode ir até a unidade fisicamente, abrimos essa mídia social para receber reclamações, indicações, pedidos de policiamento, entre outros, e assim atender melhor as demandas”.

O 32º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano foi criado em 1º de janeiro de 2000, por força do decreto 44.447/ 99. Hoje com dezessete anos é responsável pelas atividades de Polícia Ostensiva e Preservação da ordem Pública nos municípios de Suzano, Poá e Ferraz de Vasconcelos.

Foto: Divulgação

você pode gostar também Mais do autor