Secretaria da Mulher de Poá será ponto permanente de doações das “Mamas do Amor”

68

 

A Secretaria da Mulher de Poá recebeu nesta quarta-feira (14) o projeto social “Mamas do Amor”, coordenado por Fernanda Chahim Bali de Aguiar, que ministrou palestra e ensinou como produzir próteses externas para mulheres mastectomizadas. Com a ação, a pasta passa a ser ponto permanente de doações.

“Fico muito feliz em contribuir com esse projeto maravilhoso. A Secretaria da Mulher de Poá agora realizará as doações das ‘Mamas do Amor’, e mulheres da cidade e da região podem procurar a sede da pasta para serem contempladas com as próteses externas, gratuitamente”, comentou a secretária Jeruza Reis.

Fernanda explicou que as “Mamas do Amor” são próteses mamárias externas feitas de alpiste e meia de poliamida 3/4, que serão doadas às mulheres com câncer de mama que foram mastectomizadas. O projeto teve início quando ela teve que retirar as mamas e no lugar delas, foram colocadas próteses internas. “Mas houve uma infecção, que me forçou também a retirá-las. Ouvi a história, de que nos tempos em que não havia cirurgia para a reconstrução das mamas, muitas mulheres utilizavam próteses externas. Fui pesquisar a respeito e decidi fazer as minhas próprias próteses externas, para serem colocadas no sutiã”.

Segundo Fernanda, as próteses externas se moldam perfeitamente ao peito, não esquentam, não incomodam e devolvem a aparência estética natural de uma mama no sutiã. “Descobri, que uma maneira rápida, eficiente e de baixo custo a produção da prótese externa, feita com alpiste. Quero compartilhar essa ideia com outras mulheres que, como eu, desejam seguir adiante, com coragem e determinação”, reforçou.

Câncer de mama
É o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do de pele não melanoma, respondendo por cerca de 28% dos casos novos a cada ano. O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença.

Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta idade sua incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos. Estatísticas indicam aumento da sua incidência tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento.

Existem vários tipos de câncer de mama. Alguns evoluem de forma rápida, outros, não. A maioria dos casos tem bom prognóstico. A mastectomia é o nome dado à cirurgia de remoção completa da mama e consiste em um dos tratamentos cirúrgicos para a doença.

você pode gostar também Mais do autor